HQs on-line

16 05 2008

Muito bacana esse site aqui. São centenas de quadrinhos para a leitura imediata, on-line e de graça. Você escolhe o que quer ler por gênero, estilo, tema… Os tipos de arte são bem variado, vão do mangá ao noir. Tem algumas animações em flash também. Bom, entra lá e fuça. Paguei um pau.

Anúncios




Saiu o site oficial do ENSON

15 05 2008

CD novo do Masaaki Endo ganhou site oficial. Entra aqui, ó. Lá, dá pra ouvir uma prévia de algumas músicas. Pelo jeito, está ficando muito bom. Os arranjos estão um pouco diferentes dos originais. Confesso que não gostei muito do da “Ai wo Torimodose”, prefiro muito mais o original. Mas sou supeito pra falar, essa é umas das minha músicas preferidas. Ele gravou também a Go Go Power Rangers – também está no site -, a Butterfly, do Digimon e até o tema do Mononoke Hime, que uma ópera. Muito legal esse projeto!





UGH!

15 05 2008

Roubei do Ovelha





O drama do iPhone – prólogo

15 05 2008

Fiz merda. Comprei um iPhone da primeira leva. Não aguentei esperar. Me lasquei. Desde o final do ano passado, o danado vinha perdendo a sensibilidade do touch screen. Foram aparecendo regiões mortas dentro da superfície da tela. Em janeiro, por exemplo, não conseguia mais acessar a calculadora. Como uma doença, o defeito se alastrou e anteontem finalmente inutilizou a parte necessária da tela para se atender as ligações. Procurei a assistiencia autorizada Apple, mas eles nem te dão bola, já que o aparelho não saiu aqui ainda. O cara com quem eu comprei o telefone também não resolveu nada, mandou eu “me virar”. Como diria o Guerrero, “fodeu pra sempre!”.

Putaço, fui até uma loja da TIM comprar um aparelho novo, daquelas promoções em que você leva o celular de graça se comprar uma linha pós-paga. Fiz isso. Lá, o atendente curioso xeretou sobre o por quê de eu não querer mais usar um iPhone… Expliquei a história e, nossa!, o cara sabia onde eu poderia consertar a criança. Me indicou uma tal de Mirella e me deu um endereço. “Mas vou logo avisando, ela é gorda e mal humorada”. Beleza.

Fui até a Mirella hoje. Ela nem era tão gorda assim. E nem tão mal humorada. Mostrei o iPhone, falei de suas mazelas e pedi um orçamento. O cara da loja da TIM falou que o conserto sairia em torno de cem, cento e cinquênta. Eu, tolinho, acreditei. Mirella analisou, analisou, subiu uma escada, falou com nãoseiquem, desceu e disse que uma nova tela sensível a toque me custaria oitoscentos conto! Oitoscentos pau!! Oitoscentos malandros!!! Misericórdia… “OK, Mirella… Carinho, heim. Me dá o seu cartão que eu te ligo…”.

Agora estou aqui, com um Sansung pré-histórico que nem toque polifônico tem. MP3? O que é isso? Bluetooth? Ahaaam…

Aceito dicas de como solucionar isso sem falir.

つづく





… enquanto isso, os estudantes de jornalismo dizem…

15 05 2008

CRUZ の発言: (00:16:02)
quero postar alguma coisa no meu blog, o q vc sugere?
CRUZ の発言: (00:16:07)
vai lá, visita ele?
Marcia J の発言: (00:16:30)
huuuuuuuummmmmmmmmmmm..
Marcia J の発言: (00:16:33)
pq vc nao fala…….
Marcia J の発言: (00:16:43)
sobre o caso isabela? huahuahuahahuaua





Semana corrida…

13 05 2008

Essa semana está uma correria só. Mas, tirando toda a trabalheira da frente, fui hoje jantar com a minha prima Márcia pra comemorar o aniversário dela. Dezenove aninhos! Foi bom pra respirar um pouco… Amanhã – bom, hoje, já são três da manhã – tenho uma montanha de coisas pra fazer.

Essa semana pretendo compor algo. Quanto mais ouço coisas mais tenho vontade de compor. Já coloquei na cabeça que até sexta tenho que ter uma melodia pronta. Veremos… Quem sabe a exaustão do trabalho diário não liga o lé com cré certo dentro do meu cérebro e me faz criar algo genial? Veremos… Veremos…





A volta da Animation Invaders

7 05 2008

Mês passado e este estou trabalhando na volta da revista Animation Invaders, como editor-assistente. Cheguei lá pra escrever uma ou outra coisa, mas acabei me envolvendo com o projeto todo. Como a editora Europa já queria mesmo dar uma reformulada no conteúdo da revista, acabei sentando com o Humberto Martinez, editor das revistas de game da casa, para discutir o assunto. Muitas seções antigas vão cair, dando lugar a novas ou só liberando mais espaço para matérias. As matérias, aliás, seguirão por um caminho diferente. Vamos priorizar bastidores, temas relevantes (“quentes”) e “análises profundas” (u-hu!) das coisas. Afinal, ninguém precisa pagar por uma revista pra saber que o Naruto é um ninja que guarda dentro dele o demônio das nove caudas e blá-blá-blá… Não num veículo especializado, que, em teoria, quer atingir um pessoal já mais ou menos antenado nesses assuntos. Aliás, Naruto já deu no saco em capa de revista (vai saber se ele ainda será capa da Animation Invaders daqui pra frente… Bom, se for relevante, sim).

O Awika, um site que sobre tokusatsu que eu fazia há muitos e muitos anos, vai virar uma seção fixa dentro da revista. Será um espaço pra falar qualquer coisa sobre tokusatsu; de novidades a monstros bizarros – como era no site. Acho que muita gente vai gostar.

Tenho certeza que estamos preparando um conteúdo que não se acha na internet. Autoral mesmo. Acho que esse é o grande diferencial que uma revista deve ter hoje. Ninguém quer pagar por mais do mesmo. Informação pura e escrita de qualquer jeito eu tenho de graça na net a hora que eu quiser. Fotos também. Saber brincar com essa informação é que é o lançe. Criar em cima dela. Opinar. Entrevistar. Cobrir. Destrinchar. Revelar.

A equipe está ficando muito boa. Tem, além do Humberto Martinez, o Renato Siqueira, o Marcel R Goto, o Marcelo Cassaro, a Flávia Gasi… Só feras. Fora as ilustrações do Makoto Ono, que são um caso a parte. Com o tempo, a idéia é transformar a revista numa referência desse universo pra gente grande. Vamos tentar.

O resultado desse trampo todo você confere nas bancas daqui a mais um tempo. Acredito que no começo ou meio de junho.